Pesquisar este blog

Carregando...

Translate

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Mercado de smartphones vende mais de 1 bilhão de aparelhos em 2013

Número é 38,4% superior à marca de 2012.Samsung lidera o ranking, seguida pela Apple.


O mercado de smartphones superou a marca de 1 bilhão de aparelhos vendidos em 2013, com a sul-coreana Samsung liderando o ranking como a fabricante que vendeu mais unidades, com 31,3% das vendas mundiais.
Assim, a Samsung se situa muito à frente dos 15,3% da Apple, segundo informe da consultoria de pesquisas e análises do mercado IDC.
Smartphone Ascend Mate2 4G, com tela de 6.1 polegadas, lançado pela Huawei na CES 2014. (Foto: Divulgação/Huawei)
Smartphone Ascend Mate2 4G, lançado pela Huawei
na CES 2014. (Foto: Divulgação/Huawei)
Segundo o IDC, no total no ano passado foram vendidos 1,004 bilhão de celulares inteligentes, 38,4% a mais que em 2012. E os smartphones foram 55% do 1,8 bilhão de telefones vendidos no total.
"O mero volume e o forte crescimento atestam a popularidade contínua dos smartphones em 2013", afirmou Ramon Llamas, analista do IDC.
"As vendas totais de celulares inteligentes alcançaram 494,4 milhões de unidades no mundo em 2011 e dobrar este volume em apenas dois anos mostra a forte demanda dos usuários e as estratégias dos vendedores para destacar" estes produtos, afirmou.
A empresa sul-coreana teve um crescimento de 42,9%, o que lhe permitiu ampliar seu domínio no mercado global, segundo cifras do IDC.
A Apple, por sua vez, cresceu 12,9%, menos do que o resto do mercado, à frente da também sul-coreana LG (4,8%) e da chinesa Lenovo (4,5%), destacou o IDC.
iPhone 5S é o principal smartphone da Apple (Foto: Divulgação/Apple)
iPhone 5S é o principal smartphone da Apple
(Foto: Divulgação/Apple)
Os dados publicados do quarto trimestre mostraram que a Apple recuperou um pouco suas vendas, com o lançamento dos novos modelos de iPhone.
Outro estudo divulgado na segunda-feira mostrou que o Android, sistema operacional móvel do Google, reforçou sua liderança no quarto trimestre à frente do iOS, o software da Apple, nos principais mercados do mundo, incluindo Estados Unidos, Europa e China.
O Windows Phone, plataforma da Microsoft, conseguiu se situar em um sólido terceiro lugar em alguns mercados, superando o iOS, da Apple, na Itália, segundo pesquisa sobre vendas no quarto trimestre, publicada pela Kantar Worldpanel.
A pesquisa mostrou que o Android, sistema operacional de código aberto, se mantém na liderança na Europa e na maioria dos mercados importantes, exceto o Japão.
O Android terminou 2013 como o primeiro sistema operacional móvel com quota média de 68,6% nos principais mercados da Europa (Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Espanha), onde a Apple ficou em segundo lugar, com 18,5%.
Quanto à Nokia, o mercado europeu de celulares inteligentes só cresceu 3% com relação ao ano anterior. 'O êxito neste mercado não foi suficiente para reverter sua situação, refletida em recentes resultados decepcionantes', disse.

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Governo lança cartilha que explica o que é pirâmide e marketing multinível

Mais de 80 denúncias de pirâmides foram recebidas pelos MP. Quatro empresas tiveram bens bloqueados e uma quinta teve o pedido feito.

O Ministério da Justiça lançou uma cartilha para explicar as diferenças entre as pirâmides financeiras, que são ilegais, e o marketing mutinível, que é canal de distribuição de produtos e serviços legal.

Os Ministérios Públicos receberam mais de 80 denúncias sobre pirâmides financeiras e cerca de dez tiveram ações ajuizadas, segundo a procuradora do Ministério Público de Goiás Mariane Guimarães, que integra a parceira entre Ministérios Públicos Federal e Estaduais. Telexfree, Bbom, Priples e Blackdever já tiveram seus bens bloqueados e a Mister Colibri já teve o bloqueio pedido, o que depende de uma decisão judicial.

A cartilha, que está disponível online, aponta que a principal diferença é que na pirâmide não existe a venda de um produto real que sustente o negócio, ou seja, a comercialização de produtos ou serviços tem pouca importância para a sua manutenção. "Para o esquema de pirâmides, a principal fonte de renda é o incentivo à adesão de novas pessoas ao negócio, o que faz com que seu crescimento não seja sustentável".

No marketing multinível ou de rede, diz a cartilha, o revendedor é compensado pelo que vende e pelos novos revendedores que atrai para a estrutura de vendas diretas, ou seja, recebe lucro das vendas e uma participação das vendas dos revendedores que recrutou e até das vendas dos recrutados por esses que ele recrutou (3 níveis abaixo).

O documento aponta alguns pontos que podem ajudar a detectar pirâmides:

- exigência de pagamento inicial de valores altos para a adesão;
- o trabalho do “revendedor” não está claramente vinculado a um esforço real de vendas verdadeira do produto. Pode até haver alguma atividade envolvida, mas ela faz pouco sentido para a venda;
- há promessa de altos ganhos, normalmente em pouco tempo, mas sem que haja clareza quanto a um real esforço do participante com a venda de produtos.

O Boletim de Proteção ao Consumidor/Investidor foi elaborado pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) em parceria com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

 http://g1.globo.com/economia

Veja 10 cuidados para quem vai declarar o IR pela primeira vez

Uma das principais dicas é não deixar para a última hora.
Precisa declarar quem recebeu rendimentos tributáveis em 2013.

 

 

Quem recebeu no ano de 2013 rendimentos considerados tributáveis pela Receita Federalterá de prestar contas ao Leão. Se essa for a primeira vez que o contribuinte preencherá a declaração do Imposto de Renda, é preciso tomar alguns cuidados.
Será obrigado a declarar o trabalhador que recebeu, em todo o ano de 2013, valor igual ou superior a R$ 25.661,70 (valor estimado pelos especialistas, ainda a ser confirmado pela Receita Federal).

Com a ajuda de especialistas, o G1 listou dez dicas nas quais o contribuinte deve prestar atenção antes de enviar o documento. As dicas são de Rodrigo Paixão, coordenador de IR da empresa H&R Block, e Ricardo Gutterres, supervisor da área de Imposto de Renda da COAD.

Veja dez dicas abaixo:

1) É preciso ter em mãos os documentos que comprovam os ganhos de 2013, como informes de rendimentos fornecidos pelos empregadores e recibos de aluguéis. Normalmente esses documentos são disponibilizados em meados de fevereiro.

2) Antes de escolher o modelo de declaração, o contribuinte precisa ficar atento ao que for mais vantajoso para o seu perfil. Ele pode optar por entregar a declaração no modelo simplificado ou no completo. No primeiro, ele tem desconto de 20% sobre a renda tributável, limitado a R$ 15.197,02 e, no segundo, usa todos os gastos para definir a restituição.  No final, depois de preencher a declaração com todos os dados necessários, o programa da Receita Federal irá indicar a melhor opção.

3) Antes de enviar, é preciso revisar todos os dados preenchidos na declaração. A Receita Federal cruza as informações do contribuinte com as fornecidas pelas fontes pagadoras. Uma vírgula em um lugar errado pode levar o contribuinte para a malha fina. No último ano, por exemplo, a omissão de rendimentos foi o principal motivo de malha fina.

4) Como é a primeira vez que o contribuinte vai fazer a declaração, é ainda mais importante que não deixe para a última hora. Nas últimas horas, o sistema da Receita costuma ficar congestionado, e o contribuinte poderá ter dificuldade para baixar os programas e enviar sua declaração.

5) Caso o contribuinte utilize como dependente em sua declaração a esposa, companheiro ou dependente, deverá observar se eles receberam rendimentos tributáveis durante o ano, pois esse valor também será considerado.

6) Se houve mudança de emprego em 2013, o contribuinte precisa ficar atento. Muitas vezes o contribuinte esquece de incluir as informações referentes ao seu trabalho anterior. Esse erro pode custar caro. Além de ficar retido em malha fina, o contribuinte poderá ter de pagar multa e juros, caso o resultado aumente o imposto a pagar.

7)  Rendimentos isentos de Imposto de Renda como férias vendidas, por exemplo, devem ser declarados na seção “Rendimentos Isentos ou Não-Tributáveis”. O contribuinte deve ficar atento também a rendimentos com tributação na fonte, como fundos de ações, para que ele não pague duas vezes.

8) Antes de entregar a declaração, quando houver imposto a pagar, o contribuinte deverá optar por pagar o imposto através de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) ou selecionar a opção de débito automático, informando os dados bancários. É possível parcelar o imposto devido em até oito cotas.

No caso de imposto a restituir, o contribuinte precisará informar uma conta corrente para crédito da restituição.

9) É importante cadastrar uma conta bancária que não planeje encerrar a curto prazo, pois caso haja restituição a receber, é na conta informada que será feito o depósito.

10) Quando houver dúvida no preparo da declaração, a dica é que o contribuinte busque ajuda da receita Federal ou de um serviço especializado. Todo ano, faculdades costumam prestar esse serviço de forma gratuita.

 http://g1.globo.com/economia

sábado, 25 de janeiro de 2014

Especialista dá dicas de como administrar melhor o tempo

http://www.youtube.com/watch?v=veGaRybZEXA

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Dólar opera em alta nesta sexta, após alcançar maior valor em meses

Na quinta, moeda fechou em alta de 1,27%, a R$ 2,4026.
Relatório recomendando cautela em investimentos puxou a alta do dólar.

O dólar opera em alta nesta sexta-feira (24), se mantendo acima de R$ 2,40 pela primeira vez em cinco meses e elevando a valorização da semana.
Na quinta, a moeda fechou em alta de 1,27%, a R$ 2,4026, maior nível desde 22 de agosto passado, quando o Banco Central anunciou o programa de intervenções diárias no câmbio e o dólar era negociado na casa dos R$ 2,43.Por volta das 14h30, a moeda americana subia 0,30%, para R$ 2,4099. 
Até quinta, a moeda acumula alta de 2,4% na semana e no ano, a valorização foi de 1,91%.
A valorização foi uma reação ao mau humor do mercado em relação ao Brasil depois da divulgação de relatório da Pimco, maior fundo do mundo voltado a investimentos nestes países, criticando a política econômica brasileira.
"Investidores em mercados emergentes devem ser cautelosos com o Brasil, especialmente devido ao recente fraco desempenho",  no qual afirma que falta "ordem e progresso" ao país, em alusão à bandeira brasileira. "Para os investidores em mercados emergentes, o clima no Brasil foi caracterizado por qualquer coisa menos 'ordem e progresso' em 2013."
http://g1.globo.com/economia

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Facebook aposentará em abril tipo de anúncio que liga perfis a marcas

Polêmico, 'Histórias Patrocinadas' geraram reclamações de usuários. Cinco deles processaram o Facebook e receberam US$ 20 milhões.

 

O Facebook deixará de exibir em 9 de abril os anúncios conhecidos como “Histórias Patrocinadas”. O polêmico tipo de publicidade que utiliza os perfis dos usuários para endossar empresas aos amigos deles na rede social foi o responsável pela companhia ser condenada a pagar US$ 20 milhões para encerrar uma ação na Justiça dos Estados Unidos no ano passado.

O anúncio da aposentadoria da modalidade de propaganda foi feito pela companhia no fórum voltado a desenvolvedores para a plataforma. Lançada em 2011, as “Histórias Patrocinadas” chegaram a ser citadas pelo Facebook como crucial para que conseguissem reverter a desconfiança do mercado na capacidade da empresa de gerar receita com publicidade a partir de dispositivos móveis.

Funciona assim: todas as vezes que um usuário “curte” a página de uma marca ou de um serviço, está sujeito, caso não altere sua política de privacidade, a protagonizar uma das “Histórias Patrocinadas”. O anúncio sobre a marca ou serviço “curtidos” é exibido aos contatos desse usuário na rede.

A associação entre pessoas comuns e marcas feita por essa peça publicitária não foi bem aceita entre usuários do site, que sentiam que suas interações por meio do Facebook eram usadas para promover, sem a devida autorização, ações comerciais de empresas.

Em agosto de 2013, o Facebook fechou um acordo na Justiça dos Estados Unidos para se livrar de uma das reclamações motivadas por esse desconforto. Concordou em pagar US$ 20 milhões para encerrar uma ação judicial movida por cinco usuários em 2011. Dados do processo indicam que a rede social faturou com as “Histórias Patrocinadas” US$ 234 milhões entre janeiro de 2011 e agosto de 2012.

Logo após a decisão judicial, a rede social modificou sua política de uso de dados pessoais. Na época, a empresa informou que a mudança visava “explicar que os anunciantes também podem alcançar pessoas no Facebook usando as informações que eles já têm sobre você (como endereços de e-mail ou se você já visitou os sites deles anteriormente)”.

Na prática, o Facebook preparou o terreno para continuar associando informações pessoais a marcas.

“Contextos sociais –histórias sobre as ações sociais que seus amigos executaram, como “curtir” uma página ou fazer “check-in” em restaurantes—agora são elegíveis para aparecer perto de todos os anúncios mostrados aos seus contatos no Facebook”, informou a companhia nesta quinta-feira (9).

 http://g1.globo.com/tecnologia

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Só ou triste no final do ano? Saiba como lidar com isso

Com a proximidade da virada do ano, todos ainda estão correndo, sejam com as compras que faltam para o preparo da comida, os enfeites para a casa, a mesa, as roupas. São festas, preparativos para viagens... Enfim, não há tempo para nada, com o objetivo que tudo esteja devidamente pronto para as comemorações. São preocupações até gostosas de se ter.

Pior abandono é aquele que fazemos a nós
Sim, essa é uma realidade comum nesses dias; mas não podemos nos esquecer que nem todos estão com toda essa vontade de comemorar, muitas pessoas se encontram sozinhas nesse momento, por opção ou não, mas estão tristes, querendo mais é dormir e acordar só dia 2 de janeiro. Há pessoas internadas ou com familiares em hospitais, doentes em casa, outros que acabaram de perder pessoas amadas e queridas e que nessa época do ano parece que todas as dores se acentuam. E quando a dor emocional fica intensa, a tensão aumenta e assim aumentam também as dores físicas. E tudo que menos se deseja é comemorar, pois quando não estamos bem, parece que ver alguém rindo, brincando, é uma afronta diante de toda nossa tristeza.

Quando não se tem uma família por perto, estando distante, sejam por conflitos familiares, brigas antigas, ou quando já faleceu alguém muito amado, parece que falta algo, um vazio difícil de ser preenchido e mais difícil ainda é ter o desejo de comemorar. Afinal, comemorar o quê? Alguns ainda têm amigos, mas também nem sempre há o desejo de estar ao lado deles, pois muitas vezes nos sentimos um pouco rejeitados por não fazer parte da família. Seja qual for seu sentimento no momento, deve ser respeitado por todos e principalmente por você mesmo.

Mais triste do que passar o Natal sozinho, é passar ao lado de quem não nos trata bem ou com quem não temos muito vínculo, mas essa é uma decisão muito pessoal e que muitas pessoas não conseguem aceitar facilmente, vindo sempre com algum tipo de julgamento ou condenação: "Onde já se viu ficar sozinho..." Ou ainda: "Eu vou te buscar e virá junto comigo nem se for arrastado..."

Você já ouviu frases assim? Quanta falta de respeito, não? Mas o ser humano é assim, tudo que for diferente do que para ele é o certo, está errado. Difícil compreender tal raciocínio. Mas o que importa mesmo, estando só ou não, é aproveitar esse período que é propício para a reflexão, e entrar em contato com seus sentimentos, objetivos, comprometendo-se consigo mesmo que irá buscar aquilo que mais deseja, por mais que esteja passando por um momento de dificuldades.

O que você mais deseja nesse momento? Um novo trabalho? Um novo amor? Paz? Discernimento? Seja o que for que esteja precisando, com certeza o universo pode lhe proporcionar, mas para isso é necessário que primeiro você acredite que é merecedor de receber, ter consciência que só conseguirá dar e receber amor, quando tiver amor por si mesmo.

Só conseguirá um trabalho onde realmente irão reconhecer seu valor, quando você mesmo acreditar em seu valor e em sua capacidade, o que nem sempre é fácil para quem só teve ao lado pessoas críticas, onde tudo que fazia, falava, pensava e sentia, era errado. Mas você pode se libertar desse passado. Encare-o de frente, se quiser, escreva tudo pelo que passou e principalmente, tudo que sentiu. Isso poderá aos poucos ajudá-lo a organizar sua mente e seus sentimentos e aprove-se mais, independente das outras pessoas.

Devemos é resgatar nossos sonhos, não esperando que apareça um salvador, mas acreditando que cada um de nós é capaz de vencer, de viver, de ser feliz pelo o que se é e não pelo que se tem nem pelo que esperam que sejamos.

Caso fique sozinho nessa passagem de ano, não fique triste, lembre-se que seu caminho só pode ser trilhado por você mesmo, ninguém poderá dar os passos por você e o sabor da vitória também será só seu! E nesse momento, substitua a tristeza pela alegria, a saudade pelas boas lembranças, o comodismo pela mudança, os maus tratos pelo cuidado, a agressividade pelo carinho, as lágrimas pelo sorriso, a descrença pela fé e esperança, as brigas pela união, a culpa pelo perdão, o ódio pelo amor.